Connect with us

Mundo

Nigéria: ataques suicidas fazem dezoito mortos e cinquenta feridos

Published

on

As forças de segurança na Nigéria disseram que cerca de 18 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas, em consequência de vários ataques suicidas, incluindo durante um casamento no sábado, na cidade de Gwoza, no nordeste da Nigéria.

De acordo com as forças de segurança locais, citadas pela Reuters, os ataques não foram até agora reivindicados por qualquer grupo, mas o método é semelhante a outros levados a cabo pelo movimento Boko Haram.

Segundo o porta-voz da polícia, Nahum Kenneth um ataque suicida matou inicialmente seis pessoas num casamento, e um bombista suicida que carregava um bebé às costas, detonou explosivos entre os convidados que festejavam logo após terem comparecido a um casamento na cidade de Gwoza.

O responsável acrescentou que há 48 feridos graves e dois ligeiros, sendo que 19 vítimas “gravemente feridas” foram transportadas em quatro ambulâncias para a capital regional, Maiduguri, enquanto 23 aguardam transporte.

Dois milicianos e um soldado também foram mortos num outro ataque suicida contra um posto de segurança, num relato que não foi ainda confirmado por uma fonte oficial.