Connect with us

Bastidores

Negligência do Tribunal agudiza “coração” de Valter Filipe

Published

on

O julgamento do caso “500 milhões” que envolve o ex-governador do Banco Nacional de Angola, BNA, Walter Filipe, Zenú dos Santos, presidente do Fundo Soberano de Angola, FSA, na altura dos factos, Jorge Sebastião e António Bule Miguel, perspectivado como “julgamento do ano”, produziu, ao longo da audiência desta Segunda-feira, 09, a primeira, um facto cuja importância noticiosa superou o arranque das audições, considerando a figura em causa e a forma como o “desfalecimento” ocorreu.

Trata-se do mal estar apresentado e que deixou a sala de audiencias, do supremo, em estado de silêncio e pânico total!

No entretanto, mais do que o cenário triste verificado os questionamentos aumentam de tonalidade porquanto, sabe-se, por via dos seus advogados de defesa, que Walter Filipe sofre de problemas cardiovasculares, de coração propriamente dito, e ao longo da fase de instrução preparatória e do cumprimento de uma das medidas cautelares em processo penal, o tribunal da causa recebeu várias petições daquele com a pretensão de conseguir autorização de sair do Pais para uma operação cirurgica no coração, mas todos os seus esforços cairam, sempre, em saco roto.

Isso mesmo ficou evidenciado, na sessão desta Segunda-feira, quando o seu Advogado, Sérgio Raimundo, confirmou tal situação.

“Andamos a pedir sempre que o tribunal olhasse para esse lado da Saúde do Walter mas, infelizmente, o tribunal ignorou-nos.

O procedimento do supremo tem sido citado como mau, pois, sabe que a médica nacional que acompanhava o jevem, Silvia Lutucuta, no caso, actual Ministra da Saúde de Angola, deixou de o fazer em função das novas responsabilidades que assume no executivo de JLO.

A falta deste acompanhamento está, agora, na base do evoluir da doença de coração que o impede de suportar certos ambientes, como que se vive no supremo.