Connect with us

Sociedade

“Não houve perdas humanas”, diz PN sobre ataque à caravana da UNITA

Published

on

Em um comunicado chegado ao Correio da Kianda, o Comando Provincial da Polícia Nacional no Cuando Cubango esclarece que chamada a intervir no incidente, constatou que não houve registo de perda humana, como fizeram saber as notícias que davam conta, nesta sexta-feira, 12, do ataque aos deputados do Grupo Parlamentar da UNITA naquela região do país.

No referido comunicado, a PN refere que o ataque foi protagonizado por cidadãos residentes na localidade do Longa, no troço que liga ao Cuito Cuanavale, que arremessaram objectos contundentes à referida caravana.

“Ao contrário do que se aventa, não houve registo de perdas humanas, constatou -se que houve quatro feridos, um dos quais foi socorrido pelas forças policiais para o Posto Médico comunal e reforçou-se as medidas operacionaiscom as forças da unidade de Reação e patrulhamento para a reposição da ordem”, lê-se no documento.

Aquele órgão garante, por outro lado, que está a trabalhar “arduamente” no sentido de identificar os seus autores a fim de serem responsabilizados criminalmente.

Na nota, a Polícia Nacional acrescenta que o “Comando Provincial do Cuando Cubango não recebeu qualquer solicitação de escolta, para o asseguramento à caravana”.