Connect with us

Politica

Namibe: MPLA incentiva PR “a continuar a colocar o país na rota do desenvolvimento”

Published

on

O apelo foi feito pelo coordenador do Grupo de Acompanhamento do MPLA na Província do Namibe, João Diogo Gaspar, quando falava no encerramento da XII Conferência Provincial, que elegeu Archer Mangueira como Primeiro Secretário dos Camaradas desta província.

João Diogo Gaspar demonstrou apoio ao Chefe do Estado e Presidente do MPLA, João Lourenço, na árdua tarefa de criar as condições para melhorar a vida dos angolanos e colocar o país na rota do desenvolvimento. “Temos a plena confiança que vamos conseguir ultrapassar os desafios que temos pela frente, tal como no passado vencemos, assim será nos desafios que se colocam em cada fase do nosso país”.

O político do MPLA disse que pela primeira vez na história da política do país, os partidos políticos na oposição reconhecem não ter capacidade de, por si só, fazer frente ao MPLA, que os obrigou a formarem uma frente unida, que não assusta o partido no poder.

“O MPLA é um partido bem mais estruturado, organizado e fortemente enraizado no seio do povo, por isso, somos milhões e contra milhões ninguém combate”, disse e realça, que “ mesmo juntando-se, não conseguirão travar a marcha da vitória para o MPLA.

O coordenador do Grupo de Acompanhamento do MPLA da Província Namibe, fez saber aos seus camaradas, que nós, o MPLA, estamos a fazer o nosso trabalho, cumprindo com rigor as orientações da direcção central do nosso partido e do nosso líder, o camarada João Lourenço, e quando eles assustarem, em 2022! já está”, disse.

Apesar de algumas dificuldades decorrentes da situação económica e financeira e, agora, agravadas pela pandemia da covid-19, o Membro do Secretariado do Bureau Político do MPLA pede aos servidores públicos no sentido de partilhar e comunicar mais os resultados de que se têm alcançado com a execução de projectos locais e centrais.

João Digo Gaspar terminou solicitando aos cidadãos no sentido de aderirem ao registo eleitoral para eleger o Presidente da República e os Deputados à Assembleia Nacional e depositar mais uma vez, a confiança para o desenvolvimento económico e social do país. “Mãos à obra, caros camaradas, intensificando o trabalho político partidário, com rigor, na organização e no engajamento de todos para vencermos os desafios políticos e eleitorais”, rematou