Connect with us

Sociedade

Namibe ganha mais 25 megawatts de energia limpa em Abril

Published

on

Com a entrada em funcionamento da central fotovoltaica do Caraculo, no mês de Abril, a província do Namibe vai injectar mais 25 megawatts de energia limpa à rede, a garantia é da vice-governadora para os serviços técnicos e infra-estruturas, Ema Samali.

Ema Samali da Silva, que visitou esta segunda-feira, 20, as obras de conclusão da central fotovoltaica, disse que o projecto de Caraculo vai marcar a transição energética na província, e neste momento encontra-se na fase de transferência de competências para ENDE, que fará a gestão da operação de injecção da corrente à rede nacional.

“Constatamos o andamento da última fase desta empreitada, os trabalhos decorrem a bom ritmo, vamos entrar na fase de testes, decorre a instalação dos equipamentos que vão auxiliar a ligação à rede e de acordo com o empreiteiro até o final do mês teremos condições de ter na rede, entre 22 a 24 megawatss de energia para o consumo dos cidadãos”, explicou.

Por seu turno, o gestor de projectos da empresa construtora, Pedro Chalo, fez saber que a subestação tem uma característica inovadora está interligada à rede de transporte de energia entre Namibe-Lubango, tendo como previsão, numa primeira fase, injectar 25 megawatts.

Vale lembrar que a central fotovoltaica de Caraculo com a capacidade total de 50 megawatts, a ser implementada em duas fases, arranca na primeira fase com 25 megawatts, é a terceira a ser construida no País, depois do Biópio e Baía Farta ambas na Província de Benguela.