Connect with us

Sociedade

Namibe em alerta para conter avanço da peste suína

Published

on

As autoridades da província do Namibe estão com os “alarmes accionados” para impedir a entrada de suínos, provenientes da província da Huíla, onde foram confirmados casos de Peste Suína Africana, informou hoje, o director do Gabinete Provincial da Agricultura, Zonza Puissa.

Em declarações à imprensa, o responsável disse que para garantir a sanidade animal, além de bloquear a entrada de suínos, estão a ser realizadas campanhas de sensibilização em línguas nacionais, nos mercados e matadouros, para evitar a contaminação de seus rebanhos suínos.

Disse que mais de 20 fiscais da vigilância agropecuária trabalham nos cinco municípios da província, como forma de impedir a venda e o consumo dos derivados dos suínos provenientes da Huíla.

“A doença afecta somente os suínos. É uma doença viral contagiosa que não tem cura e nem tratamento, podendo dizimar rebanhos”, disse.

O director afirmou que a província vacinou, no ano passado, um total de 80 mil bovinos, o que está a garantir a sanidade da população animal na região.

Surto de peste suína leva proibição de carne na Huíla

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.