Connect with us

Sociedade

Músico Bangão homenageado com atribuição do seu nome em escola primária

Published

on

O músico Bernardo Jorge Martins Correia “Bangão”, falecido em maio de de 2015, é homenageado pela Administração Distrital do Sambizanga, com a atribuição do seu nome a escola primária n° 1306 localizada na zona.

A referida instituição de Ensino foi construída no âmbito do Plano Integrado de Intervençâo nos Municípios (PIIM).

O homem do emblemático “Cuidado!..” nasceu no então município do Sambizanga, hoje Distrito, em 1962 e entrou para o mundo artistico ainda em tenra idade.

Bangão pisou pela primeira vez um palco a 18 de Outubro de 1978, como elemento do grupo os Gingas Kakulo Kalunga, no entanto a sua carreira artística no agrupamento “Tradição”, em 1974, que integrava, entre outros, Alaito (tumbas) e André Lua (voz).

De 1976 a 1977 integra, como vocalista, o grupo Processo de África, com Guncha (tumbas), Artur Décimo (viola baixo), Alaito (bateria) e Abílio (viola ritmo). No entanto a suaprimeira grande aparição pública ocorre a 18 de Outubro de 1978 como integrante do grupo Os Gingas Kakulo Kalunga.

Em 1996 venceu o prémio Liceu Vieira Dias com o tema “Kibuikila” (Peste), acompanhado pela Banda Movimento. Em plena ascensão da carreira Bangão é convidado, em 1999, a fazer parte da Banda Movimento sempre como vocalista.

No mesmo ano ganha a primeira edição do concurso Semba de Ouro com a canção “Kangila” (pássaro agoirento) e afirma-se como cantor e compositor de inequívocos créditos firmados.

O ano 2003 consagra Bangão como um dos maiores intérpretes da música popular angolana. Neste ano, no Top Rádio Luanda, ganha os prémios da música do ano, com o tema “Fofucho”, voz masculina do ano e é reconhecido com o prémio preservação pela sua incessante defesa da música popular angolana.

Em 2005 vence o Top dos Mais Queridos, da Rádio Nacional de Angola (RNA).

Nascido a 27 de Setembro de 1962, no bairro Brás, no actual distrito urbano do Sambizanga, em Luanda, onde inicia a carreira musical. Bangão já participou em espectáculos realizados em Portugal, Argentina, Namíbia e Brasil, onde dividiu o palco com o cantor brasileiro Gilberto Gil.

Colunistas