Connect with us

Desporto

Mundial do Qatar: continue a acompanhar as curiosidades de A a Z

Published

on

Na senda das curiosidades em volta do Campeonato do Mundo de Futebol que arranca neste domingo, 20, pela primeira vez em um país do médio oriente, o Correio da Kianda leva até si algumas novidades e curiosidades de acordo com as letras do alfabeto.

Seguindo, hoje começaremos com a letra “I “ depois de ontem termos ficamos na letra “H”.

I – Investimento – O valor que tem sido estimado aponta para qualquer coisa como 200 mil milhões de euros, ou seja, um investimento muito superior a qualquer organização desportiva até hoje realizada. Há, porém, estimativas ainda mais avultadas, como a do canal económico Bloomberg, que dá conta de um investimento de 300 mil milhões. O valor supera – e muito – o das duas últimas edições do torneio, sendo 19 vezes mais caro do que o realizado em 2014, no Brasil, e 15 vezes mais dispendioso do que o de 2018, disputado na Rússia. Os responsáveis pela organização não avançaram números oficiais, mas dizem que o investimento total não se refere apenas à construção de estádios, mas a várias outras infra-estruturas lançadas nos últimos anos. Dizem também que vários equipamentos estavam já planeados, no âmbito de um projecto de desenvolvimento do país a que o Qatar chama Visão 2030.

J – Juízes – O Campeonato do Mundo terá, pela primeira vez, três árbitras principais entre os 36 escolhidos nas seis Confederações de Futebol. Entre os juízes, destaque para as escolhas da francesa Stéphanie Frappart (UEFA), da ruandesa Salima Mukansanga (CAF) e da japonesa Yoshimi Yamashita (AFC), embora no total sejam seis mulheres, com a nomeação de mais três assistentes. São elas a brasileira Neuza Back, a mexicana Karen Diaz Medina e a norte-americana Kathryn Nesbitt. Os últimos representantes portugueses foram Pedro Proença, atual presidente da Liga de Clubes, no Mundial 2014, e Olegário Benquerença, no Mundial 2010.

K – Kylian Mbappé – O avançado francês é o jogador mais valioso a marcar presença no Mundial do Qatar. De acordo com o site Transfermarket, plataforma especializada em analisar o valor de mercado de atletas do mundo inteiro, Mbappé vale atualmente 160 milhões de euros, mais 40 milhões do que o brasileiro Vinícius Junior, que também jogará a competição. Bruno Fernandes é o único português no top 10 da tabela, ocupando a sétima posição (85 milhões de euros), mais cinco milhões do que Bernardo Silva, 17.º da lista.

L – La’eeb – Chama-se La’eeb, expressão árabe que significa “jogador muito habilidoso” e é a mascote oficial do Mundial do Qatar. De acordo com a FIFA, a mascote, inspirada nos lenços de cabeça que fazem parte da cultura local, encoraja todos a acreditarem em si próprios.

M – Mundial (2030) – Este Mundial ainda não começou, mas já se fala do de 2030. Isto porque Portugal está na corrida à sua organização, juntamente com Espanha. Recentemente, os dois países decidiram incorporar a Ucrânia, numa manifestação de solidariedade na sequência da invasão russa. Esta candidatura tripartida enfrentará a concorrência de Marrocos, do Uruguai/Argentina/Paraguai/Chile e do Egipto/Grécia/Arábia Saudita. O resultado será conhecido em 2024.

Hoje ficamos pela Letra M, amanhã, seguramente traremos outras novidades com as letras do alfabeto.

Conheça as novidades do Mundial do Qatar de A a Z

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas