Connect with us

Mundo

Multimilionário Rishi Sunak será o novo primeiro-ministro do Reino Unido

Published

on

O ex-ministro das Finanças, Rishi Sunak, será o novo primeiro-ministro do Reino Unido, após a sua única adversária, Penny Mordaunt, anunciar que desistiu da disputa.

Rishi Sunak vai se tornar a terceira pessoa a assumir o cargo em menos de dois meses, e terá como principal tarefa a recuperação da estabilidade económica e política do país.

Em seu primeiro pronunciamento público, Sunak agradeceu aos conservadores por terem-no escolhido. “É o maior privilégio da minha vida poder servir o partido que eu amo e retribuir ao país ao qual devo tanto. O Reino Unido é um grande país, mas não há dúvida, enfrentamos um profundo desafio económico”, declarou, em curto pronunciamento na sede do partido. “Precisamos de estabilidade e unidade, e farei da união do partido e do país a minha maior prioridade”.

O porta-voz do gabinete do primeiro-ministro confirmou que ele não será empossado hoje. Rishi Sunak deve assumir oficialmente o cargo de primeiro-ministro da Grã-Bretanha amanhã de manhã, depois de se encontrar com o rei Charles, no Palácio de Buckingham.

O parlamentar de 42 anos vai herdar o cargo de Liz Truss, que ocupou a posição por menos de 45 dias e renunciou após um pacote fiscal controverso causar agitação nos mercados.

Rishi Sunak nasceu no Reino Unido, é filho de imigrantes indianos e será a primeira pessoa não branca a assumir a chefia do governo britânico. Multimilionário e ex-executivo do sector bancário, o novo premiê deve anunciar cortes de gastos para tentar reconstruir a reputação fiscal do Reino Unido, que escorrega para uma recessão, puxada pela disparada dos preços da energia e dos alimentos.

Com agências