Connect with us

Lifestyle

Mulheres abordam pobreza e violência em fórum anual

Published

on

Trata-se do nono fórum anual do Ondjango Feminista, que se realiza de 8 a 9 de Junho próximo, em Luanda, para discutir os problemas ligados à pobreza, cultura e violência, que afectam, sobretudo as mulheres.

O evento, subordinado ao lema “Resistimos na luta, por um país melhor para as mulheres”, vai abordar a Pobreza, a Violência e a Cultura, pelo facto de, no entender na organização, a pobreza em Angola ter “um rosto feminino” e a violência ainda estar “muito presente na vida das mulheres, quer seja a violência física, patrimonial, sexual, psicológica ou moral”.

Na nota de imprensa enviada ao Correio da Kianda, o Ondjango Feminista refere ainda que a Cultura cria nichos ou oportunidades para que as mulheres permaneçam em segundo plano, visto a maioria destas está no sector informal da economia, algumas, em número significativo, são chefes de famílias. Estas mulheres, acrescenta ainda o documento, também sofrem com questões de assédio sexual e exploração laboral.

“É essencial abordarmos a situação da mulher a partir de uma perspectiva política de justiça social e económica, uma vez que as mulheres continuam na base da pirâmide social”, justifica a organização.

O Fórum do Ondjango Feminino (FAOFEM 2024), que vai na sua nona edição, é exclusivo às mulheres, com acesso gratuito, a realizar-se das 8 às 17 horas no Magistério Mutu Ya Kevela, na capital do país.

Desde 2016, o Fórum “FAOFEM” representa uma plataforma de aprendizagem e debate livre, crítico e aberto sobre as várias questões que afectam as mulheres em Angola, congregando mulheres provenientes de diferentes partes de Angola e não só, com o objectivo de fomentar a partilha de conhecimento e experiências em torno de um determinado tema.

O programa será constituído por vários painéis, workshops e momentos de debate aberto, e contará com a participação de um leque de convidadas nacionais e estrangeiras, especializadas em diversas áreas de conhecimento.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *