Connect with us

Mundo

Mulher de Robert Mugabe fugiu à justiça depois de acusada de atacar jovem modelo na África do Sul

Published

on

A informação, divulgada hoje por um porta-voz da polícia, Vishnu Naidoo, de que Grace está a ser procurada não surgiu sem que a polémica, para além das acusações de que é alvo, tivesse aumentado, porque a primeira notícia, no Domingo, dada pelo ministro do Interior, Fikile Mbalula, dizia que a mulher de Robert Mugabe se tinha entregado às autoridades sul-africanas.

Agora, como se pode compreender a partir da leitura da imprensa sul-africana, a questão passa por saber se Grace se entregou mesmo e foi deixada ir embora ou se, de facto, está foragida à polícia, que a procura para dar seguimento às investigações.

Grace, de 52 anos, casada com o nonagenário Presidente zimbabueano, segundo relatou a jovem modelo de nome Engels, de 20, tê-la-á agredido com um objecto contundente na cabeça.

Polémica instalada

No início, Grace Mugabe, sobre quem há muito se sabe que não se coíbe de agredir os seus funcionários, para além das suas polémicas intervenções na política do Zimbabué, foi dada pelo ministro das Polícias, como tendo sido levada a prestar contas na Justiça na tarde de ontem, terça-feira, depois de se ter deslocado no dia anterior a uma esquadra de polícia.

Agora, numa reviravolta que pode parecer suspeita mas não surpreendente, a mulher de Robert Mugabe é dada pela própria polícia como estando em parte incerta e a ser procurada pelas autoridades judiciais sul-africanas.

Mas já existe uma desculpa para as informações alegadamente erradas avançadas pelo ministro Fikile Mbalula. Segundo o porta-voz da polícia, o que o governante fez foi anunciar aquele que seria o procedimento normal por parte de Grace… que não chegou a acontece: ter sido apresentada a um juiz.

Grace foi identificada como suspeita mas não compareceu, conforme ordem policial, para as tramitações subsequentes. Fugiu para parte incerta, segundo a nova versão dos acontecimentos.

Mas o mistério parece já ter sido desmontado. Um jornalista, Simon Allison, está a ser citado pela imprensa como tendo produzido uma entrada no Twitter informando que Grace Mugabe foi vista, embora sem confirmação sólida, no interior do seu carro a sair do aeroporto de Harare, capital do Zimbabué.

Até porque estão igualmente a correr informações de que GRace se mantém na África do Sul, escondida, à espera que o seu marido, que hoje viaja para a África do Sul, para estar presente na 37ª Cimeira da SADC, o que lhe permitirá mover influências para salvar a sua dama.

A única coisa certa é que a verdade virá ao de cima nas próximas horas, como não pode deixar de ser… até porque nem Grace nem Robert passam facilmente desapercebidos, seja onde for.

O que se passou entre a modelo e Grace?

Segundo relatos da imprensa, com base em informações retiradas das redes sociais, Grace Mugabe foi ao hotel destratar a jovem modelo porque esta, alegadamente, estaria a viver com os seus filhos, Robert e Chatunga, na casa dos 20 anos, ambos a viver de forma permanente em Joanesburgo.

Já a jovem conta que não é nada disso. Os dois filhos de Grace e Robert Mugabe estariam no seu quarto de hotel, ao lado do que ela ocupava, e onde Grace entrou porta adentro e começou a agredir quem estava presente.

Agora, com ferimentos graves na cara e na cabeça, Engels diz que está impossibilitada de ganhar a vida como modelo porque o seu ganha-pão é o seu aspecto físico.

Adivinha-se uma batalha judicial que pode sair cara à excêntrica milionária “primeira-dama” zimbabueana.

E, segundo o ministério dos Negócios estrangeiros da África do Sul, a visita de Grace era privada e, como tal, o Governo não pode nem quer ter nada a ver com o assunto.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *