Connect with us

Politica

MPLA ordena “cerrar fileiras” em torno do líder do partido

Published

on

A actual situação política marcada pela iniciativa da UNITA de iniciar o processo de destituição do Presidente da República foi o ponto alto da reunião do Bureau Político do MPLA esta sexta-feira, 28, em Luanda. A ordem, segundo comunicado final, é “cerrar fileiras em torno do líder do partido, bem como expressar incondicional apoio ao Presidente da República, Titular do Poder Executivo e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Angolanas”.

“O Bureau Político reitera o compromisso do MPLA com a paz, a unidade e a coesão nacional, bem como afirma que tudo fará para garantir o respeito e a manutenção do Estado Democrático de Direito, e que os direitos de todos os cidadãos sejam, sem excepções, preservados”, reitera, o comunicado dos camaradas, num momento em que os países africanos debatem-se com uma onda de golpes de Estado.

O Bureau Político apelou ainda aos cidadãos em geral a manterem a serenidade, reforçando que, “no quadro da responsabilidade acrescida que o MPLA tem, conferida pelo Povo, vai continuar a trabalhar para que a jovem democracia angolana não seja colocada em perigo, de forma irresponsável”, consideram.

Na reunião orientada pelo presidente do partido no poder, João Lourenço, foram abordados também assuntos da vida interna do Partido, como avaliação das actividades desenvolvidas pelo Secretariado do Bureau Político durante o Iº Quadrimestre do corrente ano; a Proposta de Política de Tecnologias de Informação e Comunicação do Partido, bem como o Parecer sobre a Proposta de Candidatura ao cargo de Primeiro Secretário Provincial da JMPLA em Malanje.