Connect with us

Destaque

MPLA: declaração sobre o dia internacional da criança

Published

on

Pela celebração, nesta quinta-feira, um de Junho de 2017, do DIA INTERNACIONAL DA CRIANÇA, o Bureau Político do MPLA saúda as crianças de todo o Mundo e, de forma muito especial, as angolanas e respectivas famílias, núcleo fundamental de educação das novas gerações.

O MPLA considera a criança prioridade absoluta, que representa o futuro da Nação angolana, pelo que continuará a estimular a realização de acções para o reforço do seu ambiente de vida, de protecção e de desenvolvimento.

Nesta data de profunda reflexão, o MPLA reitera o seu compromisso de continuar a promover uma política de atendimento à criança em idade pré-escolar, em especial as portadoras de deficiências, as vítimas de maus-tratos, de negligência, de exploração e abusos sexual, moral, social e psicológico e as que estejam em conflito com a lei.

Através de programas exequíveis de protecção, que promovam a sua educação multifacetada, o MPLA continuará a prestar uma atenção especial às crianças desprovidas de cuidados e do convívio familiar, garantido o fomento de actividades infantis nas comunidades, no quadro da sua protecção, sobrevivência e desenvolvimento e para combater a violência contra si.

Neste contexto, o MPLA defende a implementação, em Angola, de modernas instituições de reintegração social da criança, tanto públicas como privadas, vocacionadas ao atendimento permanente às crianças e adolescentes em risco e que desenvolvam programas de ocupação dos seus tempos livres, evitando, assim, o seu descaminho ou a procura de outras formas não aconselháveis para a sua diversão.

À criança superdotada, o MPLA continuará a dedicar uma atenção diferenciada, estimulando a adopção de práticas de ensino para a sua orientação vocacional e patriótica, valorizando o seu potencial de conhecimento, que, no seu devido tempo, será bastante útil para o desenvolvimento do País.

À criança, tudo o que ela merece: Esperança de vida; segurança alimentar e nutricional; registo de nascimento; educação da primeira infância; educação primária; justiça juvenil; prevenção e redução do impacto do VHI/SIDA nas famílias e nas crianças; prevenção e mitigação da violência contra a criança; competências familiares; criança e comunicação social e criança no Orçamento Geral do Estado.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas