Connect with us

Politica

MPLA: Comité Central alargado para mais 196 membros

Published

on

O Comité Central (CC) do MPLA aprovou, esta terça-feira, uma resolução sobre o alargamento deste órgão do partido, que passa de 497 para 693 membros.

Segundo o comunicado da VII Sessão Extraordinária, da futura composição do Comité Central há a realçar que foi conseguida a paridade do género, havendo 346 candidatos do sexo masculino e 347 do sexo feminino.

O documento da reunião orientada pelo Presidente do MPLA, João Lourenço refere que, de igual modo, o futuro Comité Central aprovou 340 candidatos pela lista da continuidade e 353 pela lista da renovação.

No concernente à representatividade da juventude, o futuro Comité Central terá mais de 35 por cento de jovens, entre os 18 e 35 anos.

Durante a sessão foi também aprovada a Resolução sobre a Lista da Composição dos membros do Comité Central e dos respectivos suplentes.

Também mereceu a aprovação do Comité Central, a Resolução sobre a candidatura de João Lourenço ao cargo de Presidente do MPLA.

Na reunião desta terça-feira, o Comité Central expressou o seu “total apoio” à candidatura de João Lourenço ao cargo de Presidente do MPLA, pela dedicação e contribuição para a unidade e coesão do partido.

O comunicado, a que a Angop teve acesso, refere que estes princípios contribuem para que o MPLA continue a ser o maior e o principal agente das transformações políticas económicas e sociais de Angola.

O Comité Central deliberou que a aprovação das listas de candidatos a Presidente do partido e para membros do futuro Comité Central fosse feita por mão levantada, devendo a mesma ser feita por voto secreto no VIII Congresso Ordinário do partido.

O Comité Central, prossegue o comunicado, manifestou o seu reconhecimento pelo desempenho de todos os militantes que agora cessam o seu mandato, em particular o acto assumido por alguns integrantes da Luta de Libertação Nacional e da Clandestinidade que se disponibilizaram, voluntariamente, para deixar os seus lugares à disposição de quadros da nova geração.

O Comité Central felicitou a JMPLA pela comemoração dos 59 anos da sua fundação e recomendou à direcção da organização a continuar a trabalhar com os jovens angolanos na educação patriótica e na transmissão dos valores, que devem reger a conduta dos jovens na sociedade.

O documento indica que os membros do Comité Central saudaram a realização do VIII Congresso Ordinário do MPLA, a decorrer de 9 a 11 de Dezembro em Luanda, sob o Lema “MPLA- Por uma Angola mais desenvolvida, democrática e inclusiva”.

Reunidos no Centro de Conferências de Belas, em Luanda, os membros do Comité Central também saudaram a celebração do 65º Aniversário da Fundação do MPLA, que se comemora a 10 de Dezembro e apelaram aos seus militantes, simpatizantes e amigos a participarem activamente nas festividades alusivas ao evento.

Ainda de acordo com o comunicado, o Comité Central reiterou o seu apoio ao militante João Lourenço, Presidente da República de Angola e Titular do Poder Executivo.

Na ocasião, os membros do Comité Central encorajaram o Presidente João Lourenço a continuar a implementar acções em prol do desenvolvimento do país, do bem-estar dos cidadãos, da paz, da reconciliação nacional, da estabilidade e da integração regional e internacional.

Por Angop 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas