Connect with us

Sociedade

Moxico regista sexto homicídio por crença ao feiticismo

Published

on

As acusações de feitiçaria têm sido frequentes na província do Moxico, onde as principais vítimas são pessoas idosas.

A afirmação é do porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) do Moxico, Elisiário dos Passos, que pede aos cidadãos a evitarem a prática da justiça por mãos próprias.

Elisiário dos Passos informou ainda que a província do Moxico registou, de Janeiro a presente data, seis homicídios provocados pela crença ao feiticismo.

Tendo avançado que o último homicídio resultante da crença ao feiticismo, ocorreu no bairro Sangondo, em que foi vítima um ancião de 82 anos, brutalmente espancado, após ser acusado de feiticeiro.

O idoso, de acordo com o porta-voz do SIC, foi agredido com blocos pelos moradores do bairro, maioritariamente jovens, chegando a falecer no local.

“Os cidadãos, acusados pelo crime de homicídio qualificado, serão presentes ao juiz de garantia para aplicação das medidas processuais”, avançou o porta-voz do SIC do Moxico, Elisiário dos Passos.

Colunistas