Connect with us

Sociedade

Moxico: dívidas de empresas com INSS ultrapassam 300 milhões de kwanzas

Published

on

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) prevê penhorar, em breve, seiscentas contas bancárias pertencentes a empresas públicas e privadas sediadas na província do Moxico, devido a uma dívida de 300 milhões de kwanzas.

A informação foi avançada esta terça-feira, pelo chefe de Departamento Nacional de Gestão de Contribuições, Regularização e Cobrança da Dívida do INSS, Lourenço da Silva, durante um encontro de sensibilização dos contribuintes. Trata-se de uma dívida acumulada pelas referidas empresas num período de 15 anos.

O responsável disse que o processo de penhora já começou a ser implementado, pelo menos, em três das 18 províncias do país, nomeadamente Luanda, Cabinda e Huíla.

Lourenço da Silva, referiu que enquanto isso, o INSS vai continuar a dialogar e sensibilizar os referidos contribuintes, com vista à liquidação da dívida.

“Serão penhoradas, de forma imediata, as contas dos devedores com um valor superior ou igual a dois milhões e quinhentos mil kwanzas, tendo incentivado os trabalhadores a denunciar empregadores que se refutam em efectuar o pagamento dos tributos junto ao INSS”, explicou