Connect with us

Destaque

Movimento dos Estudantes – Miguel Kimbenze acusado de desviar computadores oferecidos pela Open Society

Published

on

O Movimento de Estudantes Angolanos “MEA”, tem vivido nos últimos anos graves problemas de gestão.

O actual Secretario Executivo Interino, Miguel Kimbenze é acusado de se apoderar dos meios eletronicos e não só daquela organização.

Kimbenze, la está já a mais de seis anos na gestão interina daquela organização tendo substituído primeiro Presidente Mfuca Fuacaca António Muzemba, que por incompatibilidade de funções por exercer a função de deputado na UNITA, teve de abandonar a direcção do MEA.

Hoje, à quem diga que Miguel Kimbenze, também está a ser piscado o olho para fazer parte de uma das listas à deputado nas eleições de Agosto próximo que segundo nossa fonte tendo citado o próprio Kimbenze, está mais próximo de ingressar na CASA-CE.

A Fundação Open Society, ofereceu no passado 7 computadores que segundo os membros, o actual Secretario Executivo Interino, Miguel Kimbenze, se apoderou dos mesmos.

Miguel tem dado curvas para a realização da Assembleia que vai eleger nova direcção por estar a aguardar a publicação das listas dos partidos políticos. Afirmou a nossa fonte

“O M.E.A nesta altura em que não defende estudantes mas sim interesses alheios, o que não se percebe, porque o líder que está a caminho de seis anos, centralizou tudo, do mesmo jeito da governação do presidente de Angola’’ Lamentou

De recordar que o M.E.A, é um movimento que defende os estudantes e surgiu na época de 2000 e por onde passaram muitos jovens como Mfuca Muzemba, Walter Ferreira, Aniceto Cunha, Mayama Salazar, José Matuta, entre outros .