Connect with us

Economia

Movicel cede à pressão dos clientes e repõe tarifários anteriores

Published

on

A operadora de telefonia móvel, Movicel, recuou da decisão de subir as tarifas de pagamento dos seus serviços, inicialmente anunciado há cerca de duas semanas, mantendo a partir desta quinta-feira, 01 de Outubro de 2020, os preços anteriores.

A decisão, segundo o director geral adjunto da operadora, Hélquio Vieira Dias, surge na sequência da onda de reclamações manifestadas pelos clientes da operadora, nos últimos 15 dias, através das redes sociais.

Hélquio Vieira Dias disse que fruto das reclamações dos clientes, “reunimos e estamos a fazer um ajustamento do tarifário dos planos Karga Leve, Karga Nice e Karga Tudo, a partir do dia 01 de Outubro de 2020”.

Aquando do anúncio da subida dos preços da tarifa, a Movicel justificou a actualização dos preços com a necessidade de melhorar a qualidade dos seus serviços. Na sequência da subida, uma onda de protestos despoletou-se nas redes sociais com clientes a postarem imagens de cartões SIM da operadora sendo partidos, e o consequente anúncio de abandono da operadora por usuários, principalmente em Luanda.

Em declarações prestadas à imprensa, Hélquio Vieira Dias, reafirmou que a Movicel tenciona fazer novos investimentos para melhorar a qualidade dos serviços, para melhor servir a sua carteira de clientes nas 18 províncias.

Aos clientes que viram os seus planos carregados antes e durante os dias em que se efectuou a actualização, a operadora angolana garante que a partir da próxima quinta-feira, 01 de Outubro, começam a ser restituídos os descontos.

Na semana passada, a Associação Angolana de Defesa do Consumidor ameaçou levar ao tribunal as operadoras de telecomunicações que alteram preços à margem da lei e de forma “irreal” para o contexto socioeconómico que as famílias enfrentam.

Telecomunicações: associação de consumidores leva operadores à Justiça

Alteração dos tarifários

A subida de preços ocorrida a 15 de Setembro, foi de 56,66%, nos preços, com o Plano Carga Leve, a passar de 850 kwanzas para 1500 kwanzas, enquanto que o tempo de utilização reduziu.

Os planos Karga Nice reduziram os valores de custos, de 2200 KZ para 2.000 KZ, com o tempo de uso a ser de 10 dias ao passo que anteriormente o prazo era de uma semana.

O plano Karga Tudo, com valor de 3.900 Akz e validade de 30 dias, tinha benefícios de 750 minutos para Movicel, 80 para outras redes e 1GB de internet. Agora abaixou para 3.500 kwanzas, com desvantagens de ser apenas para 15 dias, com 100 minutos para a mesma rede e 15 para outra.

O plano Karga Bwe, que tem a duração de 30 dias, disparou de 7.400 kwanzas para 10.400 kwanzas, com apenas 350 minutos para a mesma rede, contra 1.600 minutos, 50 para outra anteriores e menos um 1GB de navegação.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (24)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (27)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (91)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (22)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania