Connect with us

Sociedade

Mototaxistas em Luanda denunciam cobrança do processo de licenciamento

Published

on

Os mototaxistas denunciam cobrança do processo de licenciamento das actividades em alguns municípios da provincia de Luanda.

Abreu Elavoko, de 30 anos, exerce a actividade há mais de 4 anos e trabalha na zona da Fubu. Disse hoje, 26, à Rádio Correio da Kianda que teve que desembolsar uma quantia de cinco mil Kwanzas no acto de licenciamento da actividade.

Outro mototaxista, que diz ter dado o mesmo valor, é António Francisco, que opera na rota Banicha/Patriota.

Por sua vez, o presidente da AMOTRANG, Bento Rafael, confirma a cobrança do valor e aclara que o mesmo era feito apenas em período normal da actividade de licenciamento, sendo que não se justifica, neste momento da terceira fase da campanha, que decorre em todo país.

Bento Rafael apela ainda os seus filiados a afluírem aos locais indicados para o licenciamento, no sentido de obterem os cartões de subvenção da gasolina.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas