Connect with us

Destaque

Mota-Engil recebe AKZ cerca de cinco mil milhões para reparar iluminação da pista do Aeroporto

Published

on

A empreitada de requalificação da pista do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, foi entregue à empresa Mota-Engil Angola, ao custo de 4.850 milhões de Kwanzas, tal como vem expresso em Diário da República.

De acordo com o documento, citado pelo Jornal de Angola, na sua versão online, a contratação é de carácter emergencial e é de para atender, de forma urgente a requalificação do sistema de balizagem luminosa da área de movimento do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro.

O despacho presidencial que confere poderes à ministra das Finanças a quem delega a abertura da adjudicação acontece três dias depois de o referido sistema de sinalizagem luminosa ter apresentado avaria na segunda-feira passada, tendo deixado o Aeroporto Internacional de Luanda às escuras, deixando em terra várias aeronaves da TAAG, QATAR Airways e da Força Área Nacional de Angola.

A avaria, que de acordo com um comunicado da Sociedade Gestora de Aeroportos (SGA) durou duas horas, afectou 80 por cento da capacidade de serviço da pista, com implicações directas nas operações das companhias aéreas.

O Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro tem duas pistas, sendo que uma delas encontra-se em obras para a reposição do pavimento e do sistema de balizagem diurna e nocturna, com a conclusão prevista para Julho próximo.