Connect with us

Politica

Morte de Raul Danda apanha UNITA de surpresa 

Published

on

A morte de Raúl Danda, político, jornalista, professor e escritor, anunciada no princípio da tarde deste sábado, 8, apanhou de surpresa o maior partido da oposição no país, disse ao Correio da Kianda, Manuel Nelito Ekuikui, deputado da UNITA.

“Estamos em choque. Apanhou-nos de surpresa”, disse, em prantos, Nelito Ekuikui.

Licenciado em Gestão de Empresas e Ciências Económicas pela Universidade Lusíada de Angola, Raul Danda, dentre os vários cargos de relevo exercidos na UNITA, destacam-se a de chefe da bancada parlamentar da UNITA e vice-presidente do partido.

Natural de Cabinda, nasceu a 13 de Novembro 1957 e foi até a data da sua morte, um acérrimo defensor desta província.

Trabalhou sete anos na Embaixada dos Estados Unidos em Luanda. Em 2006, ficou 29 dias detido, tendo sido acusado de crimes contra a segurança do Estado que nunca foram alvo de probatória judicial.

Raul Danda, morreu na manhã deste sábado, 8, aos 64 anos, vítima, segundo familiares contactados pelo Correio da Kianda, de um AVC hemorrágico, na clínica Endiama, no Talatona.