Connect with us

Sociedade

Morreu o médico tradicional Papá Kitoko

Published

on

O  médico terapeuta e tradiconal Kitoko Mayavanga “Papá Kitoko” morreu, na noite de domingo, 11, vítima de acidente de viação, no distrito do Zango, em Luanda. Na viatura, médico tradicional fazia-se acompanhar as esposa, que entretanto, sobreviveu.

Segundo apurou o Correio da Kianda, o acidente ocorreu pelas 20 horas de ontem, domingo, quando a viatura que conduzia capotou causando a sua morte.

Ao Correio da Kianda, o porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, Nestor Goubel,  disse que o acidente ocorreu no interior da centralidade 8000, nas proximidades do Restaurante Lisboa e foi provocado por um automobilista de 36 anos de idade, que circulava em excesso de velocidade, tendo embatido na parte traseira do veículo conduzido pelo médico tradicional, acompanhado da sua esposa.

A fonte policial avança ainda que o acidente causou ferinentos graves ao condutor do veiculo n.2 bem como à “senhora que atende pelo nome de Suzi Tulomba Paulina de 44 anos de idade, socorridos pelos bombeiros para o banco do hospital do destrito do Zango 2 posteriormente transferidos para o hospital Josina Machel, e ferido ligeiro ao condutor do veiculo n.1 que foi socorrido pelos populares não identificados para o hospital geral de luanda segundo a informação da esposa”.

Testemunhas no local afirmam que a demora do corpo de bombeiros, terá contribuido para a morte do médico tradicional.

Uma das testemunhas é o journalista Domingos Bento, que na sua rede social Facebook escreveu que o esteve entre as pessoas que na ânsia de salvar a vida pretenderam transportar para um hospital, mas viram-se impedidos pela Polícia Nacional.

“Não quero morrer, por favor me ajudem a salvar”, terá pedido o médico aos presentes

Colunistas