Connect with us

Mundo

Morre pioneiro no estudo de pandas gigantes na China

Published

on

O pioneiro da China na pesquisa ecológica e biológica dos pandas gigantes, professor Hu Jinchu, também conhecido carinhosamente como o “papai panda”, morreu por doença aos 94 anos na noite desta quinta-feira.

O reverenciado zoólogo faleceu em um hospital na cidade de Nanchong, Província de Sichuan, sudoeste da China, de acordo com a Universidade Normal Oeste da China.

Hu é reconhecido internacionalmente como o fundador da pesquisa ecológica e biológica de pandas gigantes e é saudado como o “primeiro homem a estudar pandas gigantes na China”.

Ele foi nomeado pelo departamento florestal de Sichuan como o principal especialista de uma equipa de pesquisa de recursos animais preciosos em 1974. Com base na investigação de campo e nas descobertas de Hu e sua equipa, a Reserva Natural Nacional de Wolong foi expandida de 20 mil hectares para 200 mil hectares. Várias reservas naturais nacionais obtiveram aprovação devido aos seus esforços.

Em 1978, Hu Jinchu liderou o estabelecimento da primeira estação do mundo para observação ecológica de campo para pandas gigantes na Reserva Natural Nacional de Wolong.

Com agências internacionais