Connect with us

Mundo

Moçambique: LAM já pode voar para a Europa

Published

on

Moçambique deixa de fazer parte da lista negra da União Europeia, uma decisão já anunciada pelo Comité de Segurança Aérea da União Europeia, que efectuou em Fevereiro último uma auditoria ao Instituto de Aviação Civil de Moçambique e depois de em finais de Abril as autoridades moçambicanas terem sido interrogadas em Bruxelas, sobre o avanço do processo de reformas em curso no sector da aviação civil.

Uma boa notícia para Moçambique de acordo com Manuela Rebelo vice-ministra dos transportes e comunicações que afirmou “com trabalho abnegado e esforço, conseguimos obter exclusão total das companhias aéreas e do regulador da lista negra da União Europeia…com esta decisão não siginfica que vamos já começar a priorizar voos para a União Europeia ou para a Europa“.

Antes disso a LAM deverá sujeitar-se ao regulamento de autorização de Operador de Terceiro País, pelo que a companhia deverá candidatar-se na EASA para obter essa autorização e passar o exame com sucesso antes de iniciar voos para a Europa.

De recordar que o anúncio da retirada das companhias moçambicanas da lista negra da União Europeia, acontece dias depois da assinatura de um acordo com a França, visando a realização de voos por parte das companhias aéreas dos dois países.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas