Connect with us

Economia

Moçambique: comercialização da castanha de caju vai render 87 milhões de dólares

Published

on

O vice-ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Olegário Banze, informou que a campanha de comercialização da castanha de caju, na presente época 2022/2023, terá uma renda bruta de 87 milhões de dólares norte-americanos para os produtores.

A projecção foi feita esta quarta-feira, 23, em Nassuruma, distrito de Meconta, na província de Nampula, durante o lançamento da campanha de comercialização deste produto que muito rende.

“Para a campanha de comercialização 2022/2023, que teve iniciou esta semana, foi projectada a comercialização de cerca de 150 mil toneladas de castanha, o que poderá representar um crescimento de cerca de três por cento, em relação à última campanha”, disse, citado pela AIM.

A comercialização deverá render cerca de 87 milhões de dólares norte-americanos de renda bruta para os produtores do caju.

O valor de referência recomendado acordado entre os intervenientes do sector aponta que na campanha, ora iniciada, o quilo de castanha deverá ser vendido ao preço médio de 37 meticais.

Na campanha passada, segundo informou Banze, o país comercializou mais de 146 mil toneladas de castanha e o produtor vendeu o quilo de castanha a um preço médio de 39 meticais com impacto económico na vida das 1.4 milhões de famílias produtoras

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas