Connect with us

Sociedade

Mistério: jovem morre 24 horas depois de roubar dinheiro no balaio de uma pedinte de esmola

Published

on

A imagem é ilustrativa, mas o “mistério” é real. O  relato chega-nos de Benguela, no bairro das Capira. Onde um jovem, de 20 anos, morreu na noite da última sexta-feira, 6, alegadamente por ter furtado valores monetários no balaio de uma pedinte de esmola, no centro da cidade de Benguela, mais concretamente na zona do Mercado.

Contaram ao Correio da Kianda, os que acompanham o óbito, que o jovem que em vida chamou-se “Zé”, na manhã da última sexta-feira, 6, como era habitual, levantou-se cedo, e foi ao centro da cidade trabalhar, como era de rotina.

Engraxador, as razões da morte do jovem “Zé”, estão a ser associados por ele ter tirado mil kwanzas no balaio de uma pedinte de esmolas, que depois de ser visto pelos que, pelos arredores passavam, meteu-se a correr.

“A avó que estava a pedir esmola é cega e o menino que estava com ele é criança, por isso não poderia fazer nada, simplesmente disse na avó ‘nos roubaram dinheiro’, e a avó respondeu em umbundu, lamentando e rogando pragas nas seguintes palavras: “Okafa akale, a molangue” traduzindo em português “Lhe deixa meu neto, ele vai morrer”.

Soube o nosso jornal que 24 horas depois, o jovem de vinte anos, não mais acordou.