Connect with us

Politica

MIREX vai evacuar seis angolanos que encontram-se em Israel

Published

on

O Ministério das Relações Exteriores, através da Embaixada em Tel-Aviv, prepara-se para proceder a evacuação de seis cidadãos angolanos não-residentes naquele país, que deverão ser transportados em voo comercial a partir da capital do Estado de Israel.

“O Ministério das Relações Exteriores da República de Angola aproveita a ocasião para agradecer o Governo da República Portuguesa pela total disponibilidade manifestada em transportar os cidadãos angolanos”, diz, o comunicado que o Correio da Kianda recebeu da Embaixada em Tel-Aviv.

O Correio da Kianda sabe que a Força Aérea Portuguesa (FAP) vai apoiar o regresso de portugueses de Israel, que encontra-se em estado de alerta de guerra, após a sequência de ataques do Hamas, este sábado, 07. Foram lançados 2,5 mil foguetes a partir da Faixa de Gaza e vários homens armados cruzaram a fronteira.

Em contra partida, o país do médio oriente atacou o enclave palestino de Gaza neste domingo, 08, matando, igualmente, centenas de pessoas.

“O Governo da República de Angola, acompanha com grande preocupação, o recrudescimento do conflito Israelo-Palestiniano, cuja situação registou um profundo agravamento desde o dia 07”, ressalta, o comunicado.

O MIREX informa também que os restantes cidadãos angolanos residentes em Israel se encontram em segurança e fora das áreas afectadas pelo conflito e “que continuará a acompanhar a evolução da situação”, finaliza, a nota.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas