Connect with us

Politica

Ministros da Saúde da SADC reúnem em Luanda para discutir surtos de cólera 

Published

on

Com cinco países da Região da África Austral a registarem surtos de cólera, os ministros da Saúde da SADC reúnem este sábado, 27, em sessão extraordinária, em Luanda, a fim de acautelar os riscos de propagação da doença, altamente contagiosa.

Segundo fonte do Correio da Kianda, amanhã também irá acontecer uma reunião de altos funcionários da Comissão Interministerial de Luta contra a Malária e a Cólera, e, na sequência, está prevista, ainda para este mês, uma reunião com o Chefe de Estado angolano, João Lourenço, enquanto presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, para discutir a situação epidemiológica do surto regional de cólera.

Desde Janeiro de 2023, um surto de cólera vem sendo registado na região da SADC, alcançando hoje, cinco países, a saber, Botsuana, África do Sul, Moçambique, Zâmbia e República Democrática do Congo, com Angola a reforçar as acções nas fronteiras com esses dois últimos países para conter o avanço da doença em território nacional.

Segundo dados do Escritório Regional da Organização Mundial da Saúde para a África, a região da SADC registou um total de 259.325 casos de cólera, desde Janeiro de 2022, com 4.695 mortes.

A cólera é uma doença bacteriana infecciosa intestinal aguda, transmitida por contaminação fecal-oral directa ou pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Os principais sintomas são diarreia e desidratação. É fatal se não for tratada imediatamente.