Connect with us

Desporto

Ministro felicita campões africanos em basquetebol e vencedores de artes marciais

Published

on

O Ministro da Juventude e Desportos felicita, numa mensagem dirigida aos campeões do Basketball Africa League (BAL), a que a Rádio Correio da Kianda teve acesso, que o Petro de Luanda pela conquista histórica, ao vencer o Al Ahly Benghazi da Líbia por 107-94 na Arena de Kigali, no Rwanda.

“Vocês não apenas elevaram o nome do clube, mas também colocaram Angola em destaque no cenário desportivo internacional”, refere o documento.

Rui Falcão acrescenta que “o triunfo conseguido não é apenas uma vitória no basquetebol, mas um símbolo de perseverança, determinação e talento”.

“Vocês mostraram ao mundo a força e o espírito de luta dos angolanos, quebrando a hegemonia das equipas do Norte de África e tornando-se a primeira equipa da África subsaariana a conquistar o título da BAL”.

O documento termina dizendo que, “este momento histórico é um testemunho do trabalho árduo, dedicação e paixão que cada um de vocês coloca no desporto. Rui Falcão considera os campões como uma inspiração para as actuais e futuras gerações de atletas angolanos e um orgulho para a nossa Nação”.

“Em nome do Ministério da Juventude e Desportos, parabenizo cada membro da equipa, os treinadores e todos os envolvidos nesta jornada vitoriosa, e que, este título seja apenas o recomeço de muitas conquistas futuras para o desporto angolano”.

Numa outra nota, o Ministro felicita também com enorme orgulho e satisfação a selecção angolana de MMA pela extraordinária conquista no Campeonato Africano de Artes Marciais Mistas, na categoria de juvenis, realizado em Windhoek, Namíbia.

O documento refere ainda que a conquista de nove medalhas de ouro, seis de prata e uma de bronze “é um testemunho da dedicação, talento e espírito de equipa”.

“Vocês não só elevaram o nome de Angola ao mais alto patamar do desporto africano, mas também garantiram a nossa qualificação para o mundial de juvenis que se realizará em Agosto próximo, em Abu Dhabi. Esta vitória é um marco importante e um passo significativo para o desenvolvimento do MMA em Angola, diz a nota do Ministro da Juventude e Desportos”.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *