Connect with us

Politica

Ministro dos Transportes promete melhoria do sector em 2021

Manuel Camalata

Published

on

O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu, garantiu, na cerimónia de cumprimento de fim de ano, que o seu departamento ministerial vai, em 2021, focar-se na busca contínua pela qualidade dos serviços e na garantia da qualidade de vida dos seus colaboradores.

Ricardo D’Abreu, que falava na cerimónia de cumprimento de fim de ano do seu pelouro, adiantou que o plano de acção para 2021 está “assente na formulação, condução, execução e controlo da política do Executivo no domínio dos Transportes, baseados nos valores de rigor, responsabilidade e disciplina, transparência e isenção, competência, qualidade e busca contínua pela excelência e a valorização dos colaboradores e da sua qualidade de vida”.

A situação pandêmica surgida em 2020 deve, no entender do ministro servir de experiência para “fortalecer as nossas vidas e as empresas, bem como a nossa capacidade de adaptação às adversidades e fazermos de um momento adverso uma oportunidade, para melhorar o nosso desempenho e fortalecer os negócios do nosso sector” no ano de 2021.

“Sendo a covid-19 um facto incontornável, gostaríamos de apelar a todos para não esmorecerem e que todos os trabalhadores do sector dos transportes estejam imbuídos de um espírito de perseverança e que todos, mas absolutamente todos, possamos usar das novas ferramentas à disposição para tornar cada vez mais próspero o sector na satisfação das necessidades das nossas populações”, recomendou.

Relembra que, apesar de ter sido desafiador, 2020 foi um ano em que se registaram ” progressos notáveis nos subsectores do nosso universo”, tendo destacado as acções de transformação da TAAG em sociedade anónima, e a promoção de um melhor customer service e customer experience na nossa companhia de bandeira angolana.

Segundo ainda o ministro, as referidas acções estão igualmente associadas “a garantia de uma melhor capacidade operacional e eficiência, alicerçada na cisão ENANA, em ENNA, EP e SGA, SA”.

No sector ferroviário, Ricardo D’Abreu destacou a expansão da rede dos caminhos de ferro e anunciado a execução do modelo de concessão e exploração do transporte ferroviário, com prioridade para as mercadorias, para a qual se prevê a entrada de entidades privadas.

No subsector dos transportes rodoviário, o governante disse que em 2020 os seus responsáveis e profissionais ajudaram a diminuir os índices de sinistralidade, implementando, progressivamente, o quadro normativo do Sistema Regulamentar Harmonizado de Transportes Rodoviários do TTTFP, bem como a transferência da gestão e administração do transporte colectivo urbano para a tutela dos Governos Provinciais.

O ministro D’Abreu referiu que “subsector Marítimo-Portuário, vai continuar em 2021, a reabilitar as infra-estruturas de apoio à actividade marítima e portuária, bem como o processo de relançamento da cabotagem norte. Sobre a cadeia de logística lembrou a aprovação, em 2020, dos instrumentos jurídico da Rede Nacional de Plataformas Logísticas, que permitirá o surgimento de jure e de facto da Agência Reguladora de Certificação de Carga e Logística de Angola.

“Continuemos a viver a nossa visão de definir e desenvolver políticas para um sistema de transportes públicos eficiente, eficaz e sustentável, dando resposta às necessidades das populações de Angola, onde se articulem, complementem e cooperem os diferentes actores envolvidos, constituindo também um factor de coesão social” prometeu.

“O foco em 2021 deverá continuar a ser o de um Ministério que tem por missão propor a formulação, condução, execução e controlo da política do Executivo no domínio dos Transportes, baseados nos valores de Rigor, Responsabilidade e Disciplina, Transparência e Isenção, Competência, Qualidade e busca contínua pela excelência e a Valorização dos colaboradores e da sua qualidade de vida”, anunciou.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (24)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (86)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (19)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD