Connect with us

Economia

Ministro dos Transportes concerta política de ligações aéreas com parceiros africanos

Published

on

O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu, participou, nesta segunda-feira, 10, por videoconferência, da reunião dos ministros dos transportes, dos Estados-membros da Comunidade Económica dos Estados da África Central, onde foi discutida a necessidade da criação de um mercado comum no sector da aviação.

A necessidade da criação de um mercado comum no sector dos transportes aéreos foi o principal assunto da agenda da reunião dos ministros do sector dos transportes aéreos da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), realizada nesta segunda-feira, 10, em videoconferência, da qual o ministro dos Transportes, Ricardo D’Abreu, participou, tendo lembrado aos estados membros, da conhecida decisão de Yamoussoukro, sobre a necessidade de se juntar sinergias para alavancar o sector em benefício das respectivas economias.

A conferência, dedicada a implementação do Plano de Acção 2021 da comissão, abordou a política de conectividade/ligações aéreas na África Austral.

O encontro foi presidido pelo chefe do Gabinete do Ministro do Planeamento, Estatística, Integração Regional, Transportes, Aviação Civil e Navio Mercante da República do Congo, Ferdinand Sosthene Likouka em representação do seu ministro, entretanto impedido de participar na videoconferência. Ferdinand Likouka enfatizou a importância estratégica do crescimento e desenvolvimento sustentável da comunidade, bem como a criação da Zona de Livre Comércio Africana, decidida pelos chefes de estado e de governo do continente.

Por seu lado, o presidente da organização, o embaixador Gilberto da Piedade Veríssimo, apontou a necessidade se criar os instrumentos essenciais para a integração regional, um dos quais a garantia das companhias aéreas nacionais bem sucedidas de assumirem a liderança das ligações aéreas regionais.

Os ministros dos Estados-membros da ECCAS abordaram ainda o estado da segurança da aviação civil na África Central, tendo apontado o estado da aplicação efectiva das normas e práticas recomendadas para a Segurança da Aviação da ICAO pelos Estados-Membros.

A agenda desta videoconferência dos ministros ligados ao sectores dos transportes e aviação civil foi extensiva a apresentação do diagnóstico sobre a segurança da aviação civil na África Central, a adoção do Relatório de Reunião de Peritos realizada no último dia 07 de maio, a revisão e aprovação do projecto de roteiro para melhorar a conectividade aérea na África Central.

Participaram neste encontro os ministros dos Transportes de Angola, Camarões, República do Congo, República Democrática do Congo, Gabão, Guiné Equatorial e o Ruanda, além das instituições parceiras como a a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), a Comissão da União Africana, o Banco Africano de Desenvolvimento e a Comissão Africana da Aviação Civil (CAFAC).