Connect with us

Mundo

Ministro das Relações Exteriores da Rússia inicia périplo africano na Guiné

Published

on

O Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, desembarcou esta segunda-feira, 03, em Conacri, capital da Guiné, para uma visita de trabalho, onde se encontrou com seu homólogo Morisanda Kouyate. Esta é o sexto périplo africano do ministro em dois anos.

Especialistas citados pela agência de notícias russa TASS, indicaram que este périplo de Lavrov pelo continente “provavelmente se concentraria no fortalecimento das relações da Rússia com os países do Sahel”.

Durante o encontro com seu homólogo guineense, Lavrov discutiu a reinicialização do comité intergovernamental russo-guineense sobre comércio e cooperação económica, que não se reunia desde 2019.

Tamara Andreeva, pesquisadora júnior do Instituto de Estudos Africanos da Academia Russa de Ciências, destacou que “a Guiné desempenha um papel vital para os interesses russos na região do Sahel, fornecendo acesso ao mar”.

Além da Guiné, Lavrov “está a planear visitas a vários países do continente”, mas não especificou quais.

Em meio ao declínio da influência francesa na África Central e Ocidental, a Rússia mantém o seu interesse na região, conforme destacou Grigory Lukyanov, pesquisador do Instituto de Estudos Orientais da Academia Russa de Ciências.

“Moscovo busca infra-estrutura na forma de assistência consular eficiente e uma estrutura legal. Isso requer a aprovação dos governos”, comentou o especialista sobre as visitas frequentes de Lavrov à região.

Colunistas