Connect with us

Politica

Ministro da justiça afirma que corrupção aumentou desigualdades sociais e fosso entre ricos e pobres

Published

on

O ministro da Justiça e dos Direitos Huamnos, Francisco Queiroz,  referiu nesta quarta-feira, durante  CaféCIPRA, que a corrupção  em Angola teve um impacto profundamente nefasto na moral e na ética da sociedade angolana, que registou o aumento das desigualdades sociais e o fosso entre  ricos e pobres.

Afirmou que o orgulho e a dignidade dos angolanos foi abalada pela opinião pública internacional,  pois o país  estava  entre os piores do mundo no ranking dos Estados mais corruptos.

Francisco Queiroz deu a conhecer que o combate à corrupção encontra entraves e resistência e uma delas é a mudança de consciência e interiorização de valores éticos e morais.

Apontou que a devolução dos activos retidos fora do país, onde há  dificuldades de repatriamento dos valores, é outro entrave para o sucesso  dessa cruzada.

Conforne o ministro, a  luta contra à corrupção trouxe ganhos, com  o aumento dos níveis da moralização da sociedade enquanto factor  de sustentabilidade ética e moral e dos negócios em Angola.

Esclareceu que a principal motivação é  a melhoria das condições de vida das populações, recolocando o dinheiro roubado para combater as distorções estruturais no sistema económico e financeiro.

“Os activos recuperados foram aplicados na melhoria das condições de vida das populações, mediante investimentos directos no acesso à água potável, saúde, educação, emprego e a meios económicos de subsistência”, concluiu.

O combate à corrupção e a recuperação de activos constituem uma das principais promessas do Executivo liderado pelo Presidente João Lourenço, que iniciou um amplo debate sobre um tema até então um tabu e mobilizou  a sociedade em geral.

“Ninguém é suficientemente rico que não possa ser punido, nem ninguém é pobre demais que não possa ser protegido”, alertou João Lourenço, no seu discurso de tomada de posse como Presidente da República.

O CaféCIPRA é um espaço de diálogo entre representantes do Executivo e da sociedade civil, promovido pelo Centro de Imprensa da Presidência da República (CIPRA).

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Ministro da justiça afirma que corrupção aumentou desigualdades sociais e fosso entre ricos e pobres - Correio da Kianda - Compra e Venda Aqui

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas

© 2017 - 2022 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD