Connect with us

Economia

Ministro confirma fim da parceria entre a ENDE e a Eface

Published

on

O ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges, confirmou a decisão do Governo de retirar a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) de uma parceria estabelecida com a Efacec, uma empresa portuguesa com operações no domínio de engenharia e de energia.

Notícias publicadas na imprensa portuguesa durante o fim-de-semana citavam a empresária Isabel dos Santos, detentora de parte do capital da Efacec, a revelar ter sido notificada de que o Ministério de Energia e Águas tem instruções para tramitar a saída da ENDE da Efacec.

O jornal “Expresso” citou depois o ministro da Energia e Águas a afirmar que “Os advogados da ENDE já há muito que comunicaram aos advogados da outra parte a intenção de abandonar este negócio”, disse o ministro da Energia e Águas.
A publicação escreve que, nesta parceria, se atribui à empresa estatal angolana a canalização de fundos públicos para suportar o negócio da Efacec sem que tivessem sido salvaguardadas as devidas contrapartidas.
Com esta decisão e com a anulação do contrato da empresária para a construção da barragem de Caculo Cabaça podem ficar seriamente comprometidas encomendas que deveriam ser fornecidas pela empresa portuguesa, acrescenta o “Expresso”, adiantando que o Governo vai procurar no mercado alemão alternativas para o fornecimento dos equipamentos.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas