Connect with us

Politica

Ministério do Ambiente reage a reportagem da TPA

Published

on

Uma equipa multissectorial em que integram técnicos dos ministérios do Ambiente, Indústria e Saúde, seguiu hoje, quarta-feira, ao Lubango, província da Huíla, para proceder ao levantamento de análises e inspecção da Fábrica de Cerveja Ngola, na sequência da denúncia pública feita, segunda-feira, 30 de Abril, pela Televisão Pública de Angola (TPA).

A propósito, foi realizada na manhã de hoje, quarta-feira, no Ministério do Ambiente, uma reunião de concertação técnica, um encontro orientado pelos secretários de Estado do Ambiente, Joaquim Manuel e da Indústria, Ivan do Prado.

No quadro dos trabalhos a serem realizados, a equipa  técnica vai proceder a recolha  de  amostras,  para as devidas analises laboratoriais,  quer  das  águas  dos rios  quer  das  cacimbas, junto das  populações  ribeirinhas.

Integram a equipa, técnicos da Direcção Nacional de Avaliação de  Estudo  Ambiental (DNPAIA),  da  Indústria,  da  Saúde  Pública, Fiscalização  e  Inpecção, de  ambos os  sectores,  além de um especialista do Centro  de Controlo de Poluição Ambiental.

Entre outros meios, a equipa estará munida de um laboratório portátil, com vista a medição e análises prévias de todos os parâmetros ambientais.

Após conclusão dos trabalhos, as instituições envolvidas neste inquérito vão pronunciar-se, publicamente, sobre resultados deste  inquerido e tomar eventuais medidas, caso a cervejeira  esteja  a incorrer em  práticas negligentes.

A estação televisiva pública angolana denunciou que a cervejeira Ngola tem depositado águas residuais em dois rios na região, ocorrência que tem contribuído para a poluição ambiental, com consequências gravosas nos solos, plantas, seres humanos e animais.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *