Connect with us

Politica

Ministério da Educação não paga alfabetizadores há quatro anos

Published

on

Mais de nove mil alfabetizadores em todo o país estão há quatro anos sem receberem os seus subsídios, dívida contraída pelo Ministério da Educação desde 2017, uma situação que compromete o programa de combate ao analfabetismo em Angola.

Segundo uma fonte do Ministério da Educação, o contrato foi suspenso com os 9.650 alfabetizadores distribuídos nas 18 províncias do país, até que o ministério efectue o pagamento da dívida que se arrastou a 2 mil milhões de kwanzas. Em consequência desta dívida, no Cuando Cubango, por exemplo, 188 alfabetizadores já desistiram, e o número de alfabetizados matriculados caio de 25 mil para apenas 5 mil.

Para solucionar o caso, a ministra das Finanças, Vera Daves, citada pela RNA, prometeu pagar os subsídios atrasados dos alfabetizadores de todo o país, desde que os processos estejam devidamente justificados, assumindo mesmo que o departamento ministerial que dirige está disponível para resolver a situação e sugere que os Governos provinciais e o Ministério da Educação, envolvidos no processo de alfabetização e aceleração escolar, a legitimar a referida dívida.

“Nós estamos disponíveis para resolver, destacamos a importância de se fazer um cadastramento destas pessoas, ver quem elas são e onde estão, e se o que cobram é legítimo. Confirmando-nos o Governo da província que é legítimo o que é cobrado, nós pagaremos”, assumiu

Até a data presente, segundo a fonte, já foram alfabetizados mais de 200 mil cidadãos.

Por Pedro Kididi

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (13)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD