Connect with us

Partidos Politicos

Militantes da FNLA exigem renúncia de Lucas Ngonda

Published

on

Dezenas de militantes da FNLA exigiram a renúncia do líder do partido, Lucas Ngonda, a quem acusam de “má gestão dos fundos” e de deixar o partido histórico à beira da extinção.

A exigência foi feita no fim de semana durante uma manifestação em Luanda, em que os militantes exigiram também a renúncia à Assembleia Nacional do único deputado da FNLA, eleito nas eleições gerais de 2017.

Os manifestantes, oriundos de Luanda e de outras localidades do país, partiram do Largo do Soweto até à travessa António Manuel de Noronha, na Vila Alice, onde está a sede da presidência do partido, que se encontrava fechada.

O presidente da FNLA não compareceu no local para dialogar, tal como esperavam os militantes, que pretendiam também realizar uma vigília, inviabilizada, porém, pelas autoridades.

Nas primeiras eleições gerais de 1992, com o “histórico” presidente Holden Roberto, que morreu em 2007, a FNLA conseguiu eleger cinco dos 220 deputados à Assembleia Nacional.

Nas eleições de 2008, a FNLA, já com Lucas Ngonda como líder, conseguiu eleger apenas três deputados, número que ficou reduzido a dois nas eleições gerais e 2012 e apenas a um nas de agosto de 2017, precisamente o líder do partido.

Os manifestantes da FNLA pretendem, com o afastamento de Lucas Ngonda, criar uma comissão de gestão para preparar um congresso destinado a eleger um novo líder.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *