Connect with us

Mundo

México: passageiros apanhados em fogo cruzado no aeroporto de Culiacán

Published

on

Os passageiros do voo Aeromexico 165, entre Culiacán e a Cidade do México, foram apanhados de surpresa por uma troca de tiros no exterior, na madrugada desta sexta-feira, 6, quando se encontravam no avião que se preparava, na pista para descolar.

O tiroteiro aconteceu no momento da detenção do filho do conhecido traficante de droga mexicano Joaquín Guzmán, também conhecido como ‘El Chapo’, decorreu no momento em que os passageiros do Voo Aeromexico 165, na cidade de Culiacán, já se encontrava na pista para decolar, para a cidade do México.

voo Aeromexico 165 (um Embraer E190LR), que tinha como destino a Cidade do México, encontrava-se a caminho da pista do aeroporto de Culiacán, pronto para descolar, quando vários aviões militares aterraram no mesmo e, de repente, ouviram-se tiros no exterior do avião comercial, conforme contou a agência Reuters.

Os passageiros abrigaram-se no chão do avião, à medida que o tiroteio decorria do lado de fora, sem se perceber muito bem, afinal, quem estava a disparar sobre quem.

Depois, segundo a agência de notícias, uma hospedeira de bordo terá anunciado que um motor do avião foi atingido e havia uma fuga de gasolina, o que obrigou ao desembarque do avião.

“Foi detetado um impacto de bala na fuselagem de uma aeronave que estava pronta para operar o voo AM165 na rota Culiacán – Cidade do México, que foi cancelado por motivos de segurança. O avião não chegou a descolar. Após este incidente, os protocolos da empresa foram ativados e as autoridades foram notificadas. Clientes e colaboradores estão seguros. A Aeromexico reitera que a segurança de clientes e colaboradores é e continuará a ser a sua maior prioridade”, lê-se num comunicado da Aeromexico em reação.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *