Connect with us

Desporto

Messi volta a ser o futebolista mais bem pago do mundo

Redação

Published

on

No que diz respeito a treinadores, o argentino Diego Simeone, do Atlético de Madrid, encabeça o topo da lista dos mais bem pagos, com 3,6 milhões por mês.

O argentino Lionel Messi continua a ser o futebolista mais bem pago do mundo, à frente ao internacional português Cristiano Ronaldo, de acordo com a lista salarial publicada esta sexta-feira pelo jornal francês L’Équipe.

Segundo o diário desportivo francês, o avançado dos espanhóis do Barcelona aufere um salário bruto de 8,3 milhões de euros por mês, face ao 4,5 milhões que o jogador português recebe nos italianos da Juventus.

Messi e Ronaldo superam o brasileiro Neymar, do Paris Saint-German, que é o mais bem pago em França, com um salário a rondar os 3 milhões, à frente do colega de equipa Kylian Mbappé, que não chega a auferir dois milhões ao final do mês.

O francês Antoine Griezmann e o uruguaio Luis Suarez, ambos com pouco menos de 3 milhões mensais, são os mais bem pagos do clube blaugrana a seguir a Messi, enquanto nos também espanhóis do Real Madrid os avançados Gareth Bale e Eden Hazard ganham 2,5 milhões.

No que diz respeito a treinadores, o argentino Diego Simeone, do Atlético de Madrid, encabeça o topo da lista dos mais bem pagos, com 3,6 milhões por mês, à frente do espanhol Pep Guardiola, do Manchester City (1,94 milhões), com o português José Mourinho, que chegou a meio da temporada ao Tottenham, e o alemão Jürgen Klopp, do campeão europeu Liverpool, a fecharem o pódio, ambos com 1,46 milhões por mês.

 

C/ DN

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (18)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (73)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (13)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania