Conecte-se agora

Mundo

Menina indiana de dez anos que engravidou não vai poder abortar

Redação

Publicados

on

Supremo Tribunal da Índia decretou esta quinta-feira que uma rapariga de dez anos que engravidou depois de alegadamente ter sido violado pelo seu tio não vai poder abortar, noticia a BBC.

O motivo invocado pelo tribunal prende-se com o facto de a gravidez – que vai na 32ª. semana – já estar demasiado avançada, pelo que seria “demasiado arriscado” para a rapariga.

A gravidez da menina de dez anos foi descoberta há duas semanas, depois de esta ser ter queixado de dores no estômago aos seus pais, que a levaram de imediato para o hospital.

Na segunda-feira, foi pedido a vários médicos que avaliassem o caso da rapariga. O caso chegou ao Supremo Tribunal depois de um outro tribunal ter tomado a mesma decisão dias antes.

À luz da legislação indiana, o aborto é proibido a partir das 20 semanas de gravidez, a não ser que os médicos confirmem que a vida da mãe possa estar em risco.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (240)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (13)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (14)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (60)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação