Connect with us

Politica

Centro de Controlo tem capacidade para operar até três satélites em simultâneo

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, inaugura esta sexta-feira, 27, às 10h, o Centro de Controlo e Missão de Satélites (MCC), na Funda – Luanda. A cerimónia será transmitida em directo pela TPA, TV Zimbo e RNA.

Construído de raiz, o MCC é a infra-estrutura necessária para assegurar a operação e controlo do ANGOSAT-2, possuindo a capacidade para operar até três satélites em simultâneo.

Para assegurar o funcionamento, o MCC conta com vários sistemas de engenharia com destaques ao sistema eléctrico, mecânico, hidráulico, refrigeração e etc. Para operação do satélite em órbita foram igualmente instalados e testados equipamentos específicos de comunicação.

De ressaltar que o MCC é operado 100% por especialistas angolanos formados nas maiores universidades aeroespaciais do mundo.

A cerimónia contará com uma visita guiada pelo edifício dirigida pelo Director Geral do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional, Zolana João.

A inauguração terá entrada em directo com hospitais e escolas a partir de alguns municípios do país que já usufruem dos serviços de comunicação do ANGOSAT-2.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.