Connect with us

Sociedade

“Matamos a mãe e enterramos com dois filhos vivos”, confessam autores do crime

Redação

Published

on

A polícia nacional em acções combinadas com serviço de investigação criminal detiveram, no dia 16/5/2020, no município do Chinguar, província do Bié, dois cidadãos, 26 e 34 anos, respectivamente, por terem, supostamente, morto uma senhora e seus dois filhos.

O facto ocorreu na comuna do Cangoti, aldeia de Catoyo no Chinguar, quando a 5 de Abril de 2020, a malograda, Rosalina Chilombo de 40 anos, foi acusada de ter morto, a feitiço, dois filhos de um senhor e ter provocado, pela mesma prática, abortos à esposa daquele.

Os dois cidadãos, por sinal irmãos, decidiram fazer justiça por mãos próprias, agredindo a senhora, que terá escapado das mãos dos dois e se refugiado numa mata, onde ficou numa cubata.

Consta que a 11/4/2020 os implicados decidiram localizar a malograda na sua cubata de capim, junto com os dois filhos. Na sequência, espancaram a senhora até a morte e a enterraram com os dois filhos, ainda vivos.

Mais de trinta dias depois, o mediante uma denúncia do soba da aldeia que notou a ausência da cidadã, Chilombo e as suas filhas, a polícia nacional e o serviço de investigação criminal procederam abertura do competente processo crime, tendo resultado na detenção dos implicados que confessaram o crime e mostraram o local do enterro.

Os implicados, por via de um processo-crime, serão presentes ao Ministério Público para passos legais que se impõe.

 

GCI/MININT

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania