Connect with us

Mundo

Marrocos: sobreviventes do terramoto clamam por apoio

Published

on

Os sobreviventes do terramoto que abalou Marrocos, na última sexta feira, clamam por mais apoio das autoridades para encontrar os corpos debaixo dos escombros, reporta o Africanews.

De acordo com os dados oficiais actualizados esta segunda-feira, 11, o tremor de terra, que atingiu 7.0 na escala de Richter, matou pelo menos 2.122 pessoas e registou mais de 2.862 feridos.

“As pessoas estão muito deprimidas aqui, a aldeia de Imine Tala está completamente demolida”, disse um morador, citado pela mesma fonte.

A oeste de Imine Tale, em Amziz, outros sobreviventes encontraram refúgio em tendas.

“Nas zonas das altas montanhas o caminho é difícil e esperamos que o Governo e a sociedade civil consigam levar ajuda às aldeias que são de difícil acesso porque não têm nada lá, por isso, pela vontade de Deus, receberão ajuda ”, sublinhou outro morador.

Noutras partes do país, o Crescente Vermelho Marroquino e o exército lideram os esforços de resgate.

Além da Espanha, Marrocos anunciou no domingo que aceitou ajuda da Grã-Bretanha, do Qatar e dos Emirados Árabes Unidos.