Connect with us

Politica

Manuvakola defende múltiplas candidaturas no XIV congresso da UNITA

Published

on

O conselheiro do líder da UNITA, Eugénio Manuvakola, reconheceu que as múltiplas candidaturas criam turbulência no seio do partido, mas, mesmo assim defende mais candidaturas no XIV congresso do galo negro, aprazado para 2025.

De contrário, segundo o mesmo, “fragiliza a organização”. O também deputado fez essas declarações no programa Ponto e Vírgula da Rádio Correio da Kianda.

O politólogo Almeida Pinto saúda a intenção do veterano da UNITA e diz que é necessário criar normas que não facilitem fracturas no seio do partido, e “as múltiplas candidaturas fortalecem não só o partido, mas também a democracia do país”.

O académico é de opinião que os militantes da UNITA possam superar os erros do último congresso, e defende candidatos recomendáveis com boas práticas e eleger líder modelo.

Almeida mostra-se igualmente céptico sobre a possível recandidatura de Adalberto Costa Júnior.

Escute os comentários abaixo no Jornal da Rádio Correio da Kianda.

 

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.