Connect with us

Cultura

Manuel Rui Monteiro apresenta hoje o romance “A mãe”

Published

on

O escritor angolano Manuel Rui Monteiro apresenta às 17h30 desta terça-feira, 23, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda, a sua mais recente obra literária, “A mãe” um romance que se junta ao seu vasto acervo bibliográfico-literário.

Editado pela Editora Kacimbo, com sede em Luanda, “A Mãe” mostra a excepcional destreza narrativa de Manuel Rui Monteiro, dentro da sua e conhecida linha narrativa, marcada pela sátira, humor e uma visão aguçada da sociedade angolana, que tem conquistado leitores em Angola e no estrangeiro nas últimas décadas.

No livro “A mãe”, uma casa serve de pano de fundo para uma saga familiar onde vizinhos, viajantes e os moradores se encontram para falar das coisas do passado e do presente. A importância da família, os efeitos das varias guerras e as soluções que, por vezes, passam pelo amor.

Manuel Rui Monteiro ocupa uma posição de destaque no panorama literário angolano. A sua contribuição para o património cultural angolano e lusófono é considerada como sendo incalculável, com um impacto que vai além da escrita.

Sobre o escritor

Manuel Rui ocupou vários cargos políticos, incluindo o de Ministro da Informação no Governo de Transição. Foi também professor universitário e reitor da Universidade do Huambo.

O autor é membro fundador da União dos Artistas e Compositores Angolanos, da União dos Escritores Angolanos e da Sociedade Angolana de Autores. A sua marca indelével no património literário e cultural do nosso país é demonstrada por ser o autor da letra do hino nacional, “Angola Avante”, na sequência da proclamação da independência do país, a 11 de Novembro de 1975.

Ao longo da sua carreira, Manuel Rui Monteiro tem publicado inúmeras obras aclamadas que têm merecido reconhecimento nacional e internacional. Colecções notáveis da sua poesia incluem “Poesia Sem Notícias”, “A Onda” e a inovadora série “11 Poemas em Novembro”. No campo da prosa, os seus romances e contos, como “Sim Camarada!” e “Memória de Mar”, são incontornáveis para a literatura angolana.

Sobre a Editora Kacimbo

Fundada em 2020, a Editora Kacimbo tem-se afirmado como um actor-chave no actual movimento literário, dedicando-se à promoção da literatura angolana.

Com mais de 20 livros que abrangem poesia, romance, literatura académica e livros infantis, a Kacimbo esforça-se por contribuir para a promoção, divulgação e enriquecimento literário de Angola.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *