Connect with us

Mundo

Manifestantes protestam em Kinshasa contra conflitos no Leste da RDC

Published

on

A cidade capital da RDC, Kinshasa, viveu um ambiente de muita agitação na manhã desta segunda-feira, tendo em conta a manifestação que ocorreu na zona do Boulevard do 30 de Junho, com registo de ataques contra cidadãos e lojas de indo-paquistaneses.

A Polícia Nacional Congolesa (PNC) dispersou os manifestantes em frente à embaixada britânica na comuna de Gombe, em Kinshasa.

A Rádio Correio da Kianda sabe que o Hotel Memling também estava na mira dos manifestantes. Várias casas comerciais no centro da cidade fecharam rapidamente, nas primeiras horas de ontem.

As escolas consulares, nomeadamente as escolas francesa, americana e belga, fecharam as suas portas também tendo em conta alega instabilidade que os manifestantes criaram.

Isso ocorre um dia depois de manifestações violentas contra as representações diplomáticas e a MONUSCO.

Todas estas “manifestações furiosas”, segundo os organizadores, visam chamar a comunidade internacional e condenar a sua inacção face à guerra no Leste da RDC.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas