Connect with us

Sociedade

Manifestação por direito à terra reúne dezenas de camponeses no Talatona

Published

on

São no total mais de 80 cidadãos, afectos à Associação dos Camponeses ANA Ndengue, que estão a protestar, desde as primeiras horas desta terça-feira, 20, em frente à Administração Municipal do Talatona, para repudiar aquilo que consideram como perseguição e apropriação ilegal das suas terras, localizadas na zona do Patriota.

Exibindo cartazes e panfletos, as senhoras lançam um grito de socorro ao Presidente da República, João Lourenço, para que intervenha naquilo que “consideram como injustiça”. Os anciãos dizem que já passaram 20 anos que não resolvem os seus problemas e que estão a passar por muitas dificuldades.

Na voz dos mesmos, clamam ao Chefe de Estado pelo socorro, citando que “são muitos anos de sofrimento, tortura, impunidade, mortes e perseguição aos camponeses”.

Os camponeses dizem que foram orientados pelo Governador de Luanda, Manuel Homem, para junto da administração do Talatona encontrarem solução para o litígio.

Em declarações publicadas anteriormente, os camponeses afirmaram que os responsáveis são o comissário e comandante de Talatona e o antigo dirigente do MPLA e general na reserva, Dino Matross, que estariam a usar a Polícia Nacional para agredir e destruir as obras dos camponeses, visto que os mesmos têm autorização do Tribunal de Luanda para construir, enquanto decorre o processo em julgamento.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *