Connect with us

Destaque

Makas na base petrolífera do Kwanda. Funcionários pedem a demissão do actual Director Geral

Published

on

A kwanda tem vivido momentos deficeis com a crise financeira no País e com a ma gestão de Luís Morais a Kwanda vai de mal a pior, este director não sabe ou não entende nada de gestão, mais sim, entende e decoracão  e trazer cada vez mais expatriados a Angola já que o mesmo e um português.

 Houve necessidade de diminuição de 260 pessoas  em 2016 e depois das eleições serão expulsos  mais 300 incluindo todos os angolanos com mais de 55 anos. Mais ainda temos expatriados com 60 anos anos e os contratos são renovados, só mesmo em Angola.

Vivemos numa Província produtora de petróleo mais ainda assim somos muito pobres  e cada vez mais vamos ou estamos  a ficar pobres, porque temos um director geral que nunca recruta  pessoal local. Os recrutamentos são sempre feitos fora do Soyo. Todos os dias são expulsos angolanos e ao contrario chegam portugueses pagos com salarios extremamente altos, chegando o salário de 10 expatriados pode chegar a 150.0000,00 euros e mais alguns milhoes de kwanzas ja que eles ganham em seu pais e ainda recebem mais em Angola. Não entendemos  então porque não contractar  pessoal local e se quando haver, ai sim, iria ser a nível nacional e só depois, se não havesse em Angola iriamos ao nivel mundial, mais na kwanda primeiro é Portugal.

O Luís Morais diz que em angola não tem pessoas qualificadas mais também os seus primos deixam muito a desejar, este senhor é bastante racista e não esconde.

Nunca vimos a motivar os funcionários, a sua gestão e sempre na base de ameaças e expulsões ao invés de dialogo.

Um director deveria arranjar negócios para kwanda com empresas em Luanda e fora, mais ele passa a vida de terça-feira ao soyo e sexta Luanda, para poder apreciar os seus negócios.

O senhor esta tão perdido que pensa que o negocio da kwanda é vender pizzas e gelados.

Venham ver quais são as condições em que trabalhamos: casas de banho imundas e sem água em todas as áreas, mesmo agora está a arranjar as casas de banho do edifício sonangol porque o conselho de gerência vai para o soyo.

Pedimos ao governo que nos ajude, pedimos por Socorro que retirem estes senhor Luis morais este malandro é o pior director que passou na kwanda. Só pensa em desvios de dinheiros e maladragem. Sabesse  que tem feito ou fez pagamento a empresas de seus amigos como cimontubo e serra Coelho.

 Pedimos também a saída da NCR  na kwanda é uma das empresas que o senhor tem feito lavagem de dinheiro (exemplo a kwanda tem capacidade de comprar 5 impressoras mais ao contrario o director alugou 5 impressoras a NCR e com gastos a mais de 500.000,00 usd e sem falar em outros tantos serviços que a mesma não faz mais são pagos.

Por favor parem com estas empresas, e investiguem os contractos do mesmo.

A outra é a deloite Portugal se em angola existe deloite angola porque a kwanda paga uma factura mensal de 50.000,00 euros a deloite Portugal?

Mandem investigar estes contractos ate ao banco.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas