Connect with us

País

Mais de 300 mil familias beneficiaram do programa Kwenda durante ano 2021

Published

on

A Comissão Intersectorial de Coordenação do Programa de Fortalecimento da Protecção Social-KWENDA, dá a conhecer esta quinta-feira, 20, que durante ano de 2021, mais de 300 mil Agregados Familiares beneficiaram-se das Transferências Sociais Monetárias, ultrapassando as metas estabelecidas.

A iniciativa do Governo de Angola e avaliado em 420 milhões USD, dos quais 32 milhões USD financiado pelo Banco Mundial e 100 milhões USD do Tesouro Nacional.

Na nota distribuída hoje, à imprensa, explica a forma como foram distribuídas, “as transferências sociais monetárias estão a chegar às famílias por via da atribuição de cartões multicaixa, por via telefone, nestes casos, o KWENDA atribui um telemóvel a cada família, além da componente financeira, havendo ainda a modalidade em cash, através de bancos e agentes locais de pagamento”.

De acordo com Comissão Intersectorial de Coordenação, as mais beneficiaras deste programa foram às mulheres, “até ao momento, 59,1% dos beneficiários das Transferências Sociais Monetárias são mulheres”, para o empoderamento económico e social.

No que diz respeito à componente da Inclusão Produtiva, o KWENDA apoiou cerca de 17.000 beneficiários directos e 84.000 indirectos em iniciativas económicas e produtivas, com foco na agricultura, pesca, criação animal, produção de mel, corte e costura, moto-táxi, caixas comunitárias, transformação de produtos, artesanato, de acordo com a vocação das famílias.

Quanto à Municipalização da Acção Social, o Programa está a permitir a ampliação de serviços sociais de protecção social através dos Centros de Acção Social Integrados (CASI). Até ao momento foram reabilitadas e apetrechadas 24 CASI, dos quais 12 em funcionamento, cujos serviços permitiram o acesso a documentos de identificação e resolução de conflitos familiares a cerca de 18.000 beneficiários, lê-se na nota

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *