Connect with us

Sociedade

Mais de 20 zonas de Luanda estão sem água potável

Published

on

Vinte e quatro zonas da cidade Luanda estão privadas do fornecimento de água potável, devido ao corte de energia eléctrica em decorrência do disparo da linha de 60 kv registado na noite do dia 30 de Setembro.

De acordo com uma nota da Empresa Pública de Águas (EPAL-EP) distribuída esta sexta-feira, este caso aconteceu na Estação de Bombagem de Cassaque, que alimenta as estações de tratamento do Luanda Sul, Luanda sudeste, Kikuxi 1 e Kikuxi 2.

Como consequência desta ocorrência, estão sob restrição de abastecimento de água, as zonas da Maianga, Alvalade, Samba, Cassenda, Prenda, Neves Bendinha, Mártires de Kifangong e  Cassequel.

Estão igualmente afectados Miramar, Rangel, Sambizanga, Vila Alice, Kinaxixi, Marçal, Ilha do Cabo, Viana, Camama, Golfe, Vila Estoril, 28 de Agosto, Urbanização Nova Vida, Talatona, Patriota e Benfica.

A EPAL informa, que assim que for restabelecido o fornecimento de energia eléctrica a estação de bombagem do Cassaque, irá repor o normal abastecimento de água.